Uma casinha encantadora em Trancoso

Com arquitetura típica e decoração afetiva, essa casa é um refúgio acolhedor

Uma casinha acolhedora, com arquitetura simples e a floresta nativa como jardim. Esse é o lar da empresária Lia, que tem um caso de amor com Trancoso há 42 anos. Na verdade, quando se mudou de São Paulo para a Bahia, encantada com o vilarejo de pescadores e o clima tranquilo que encontrou ali, a paulista não tinha em mente tudo o que a esperava no futuro. Hoje ela possui um amplo terreno com diferentes casas, onde vive em contato com a natureza e proporciona a visitantes a experiência de passar estadias em seu paraíso particular. Ali, ela mesma circula entre as construções, morando um pouco em cada uma delas, mas em períodos de temporada, é na menor de todas que encontra aconchego: “O tamanho e a simplicidade são as partes mais especiais dessa casa. As janelas e portas se abrem inteiramente e trazem o verde para dentro dela”, diz a empresária.

No entanto, trabalhar com hospedagem não foi algo planejado na vida de Lia. “Morei na praia e na roça antes de me mudar pra cá. Vivia aqui com minha família e quando os filhos saíram de casa, comecei a alugar”, ela conta. Assim como as outras construções, a casa menor — como ela chama — foi concebida por Lia junto com vários amigos e desde 1999 guarda recordações de bons momentos vividos ali. A telha canal, a estrutura de madeira e o piso de cimento queimado são alguns dos detalhes com inspiração na arquitetura típica de Trancoso que deixam o espaço ainda mais charmoso.

A decoração foi criada de maneira despretensiosa e minimalista, reunindo itens com valor familiar e demandas particulares de Lia. Para ela, a cultura local já faz parte de sua essência e por isso está presente em cada escolha em seu lar. Além de peças rústicas em madeira e artesanatos regionais, fotos de família e pinturas de autoria própria também compõem os cômodos da casa, misturando referências externas e internas de forma cuidadosa e especial.

Diferentemente das outras casas, essa não está disponível para hóspedes, então nela Lia encontra um cantinho mais particular, como um ninho de aconchego, onde os momentos vividos com a família são os mais importantes. Apesar de muitas histórias guardadas ali, ela destaca com carinho um dia especial em que dividiu o lar com a neta pequena: “Passamos um dia e uma noite lúdicos, como se estivéssemos brincando de casinha”, relembra.

Em seu lar, Lia vive o melhor dos dois mundos, estando perto da praia, mas mantendo também o clima de floresta, com jeito de sítio. Com tantas histórias e a natureza como companheira por todos os lados, é fácil se apaixonar pelo seu universo. Assim, sua relação de amor com Trancoso nunca tem fim… * Vamos publicar no blog mais uma casa da Lia em breve, então fique ligado!

Fotos por Maura Mello

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 5

  1. Que sonho de lugar!!!

    Responder
  2. Que casa linda! A natureza, a simplicidade e o rústico fazem desse lar um encanto, um lugar leve e gostoso de se ver! Imagina morar!!!

    Responder
  3. Essa casinha é o céu! <3

    Responder
  4. aí sim!!! casinha simples, despretensiosa, sem afetação e lindíssima… moraria fácil!

    Responder