Sonhos de verão em uma casinha baiana | Capítulo 1

A fachada colorida já anuncia o charme desse refúgio na Praia do Espelho

Desde que conheceu a Praia do Espelho, em Trancoso, há 14 anos, a ceramista Flávia soube que se tratava de um lugar especial, onde a sua paixão não só refletia a beleza da paisagem, mas também a poesia presente nas pessoas que ali habitavam. Não à toa, mesmo vivendo em São Paulo, ela nunca abandonou esse pedaço do litoral baiano. Na verdade, o apego só aumentou, transformando a região em seu segundo lar. Quando, por fim, surgiu a ideia de ter uma casa ali, o espaço físico apenas concretizou um sentimento que já era antigo e bem claro em seu coração: o de pertencimento.

Em uma antiga casa de pescador compartilhada com um casal de amigos – Fábio e Fabiola – Flávia, seu marido Antônio e os filhos passam os verões em grande estilo, com um clima alegre e o lar ainda mais cheio do que já estão acostumados devido à família grande. “Desde que temos a casa, ela acabou virando o nosso canto especial no mundo para celebrar a virada do ano. Fazemos isso juntando as 2 famílias: ao todo, entre adultos e crianças, somos em 10 pessoas, e isto já é praticamente uma festa!”, conta a ceramista.

Quando decidiu ter seu lugar fixo na Praia do Espelho, Flávia primeiro pensou em adquirir um terreno, mas nenhum condizia com o que buscava. Foi então que ela reparou em uma casinha vazia que chamou sua atenção: “Na verdade, essa casa tem uma história incrível. Ela era um antigo bar, onde já fui uma vez quando estava grávida. Lembro de um violeiro tocando e de me sentar no gramado ao lado de uma Ravenala com vários amigos… anos depois, descobri que estava à venda! Propus a um casal muito amigo de São Paulo que comprássemos juntos: foi uma decisão rápida e muito feliz!”, ela diz. 

Após a compra, alterações precisaram ser feitas para adaptar o local à nova rotina. Como se trata de uma casa antiga, a fachada colonial foi mantida, assim como a estrutura simples e encantadora, mas ainda assim a cozinha e os banheiros necessitavam de ajustes. Por sorte, Fábio, um dos donos, é também arquiteto, então ele mesmo foi o responsável pelo projeto da reforma, conciliando de maneira inteligente naturalidade, conforto e graça. Uma curiosidade interessante é que antigamente o terreno abrigava duas casas, e apesar das mudanças, os moradores optaram por manter a fachada dupla – com cores diferentes – dando a sensação, para quem chega, de se tratar de duas casinhas distintas.

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Além da arquitetura, móveis de madeira antiga e objetos artesanais ajudam a construir o clima de praia. “Na mesma época em que compramos a casa, acabei me mudando em São Paulo, então muitos móveis que eu amo, como o sofá, as poltronas de madeira, a mesa de jantar e os tapetes garimpados acabaram achando moradia em Trancoso. Tem também alguns itens lindos que eu e a Fabiola compramos na vila: cestas de palha, móveis antigos da região, os tapetes de fibra da sala…”, Flávia lembra. Suas peças de cerâmica também não poderiam faltar: são abajures, ganchos de parede e bandejas distribuídos entre sala de estar, quartos e cozinha.

Para os moradores, a melhor parte de estar na casa é a simplicidade do dia a dia. “Uma característica linda dessa verdadeira casa baiana é a fachada formada por janelas e portas com vãos emoldurados e cores vivas. Quando estamos ali, espalhamos esteiras, almofadas e cadeiras junto ao pé de manga e de aroeira para receber os amigos!” * Confira a continuação dessa história no Capítulo 2 e não perca nenhum detalhe.

Fotos por Maura Mello

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 8

  1. Olá,tudo bem? vocês conseguiram saber o contato da pessoa que vende esses tapetes?

    Responder
  2. belíssima casa! as paredes são caiadas? e o piso é uma lajota de cerâmica?

    Responder
  3. Que fofas.Vou aguardar.Muitíssimo obrigada.Bjos!

    Responder
  4. Tudo bem e vocês?nossa,estou apaixonada por esse tapete.Sou de Belo Horizonte.Seria possível conseguir o contato da pessoa que vende?Obrigada!

    Responder
  5. Ahhh,que linda essa casa,cheia de frescor.Gostaria de saber de onde são os tapetes redondos de fibra.Bjos!

    Responder