A união de muitas histórias em um apê colorido

Com detalhes inspiradores e muita cor, esse lar conta a trajetória de Luana e Débora

A união sempre foi um elemento-chave na relação entre as jornalistas Luana e Débora, sócias na agência de conteúdo digital Casa Lab. De colegas de trabalho, elas se tornaram namoradas em 2015 e enfrentaram muitos desafios ao longo da história que construíram juntas. Como consequência, as duas não poderiam ser mais unidas, e o apê em que vivem reflete todo esse aconchego, carinho e memória. Com plantas, quadros e uma paleta de cores de aquecer o coração, o clima se completa com as brincadeiras e a alegria da cachorra Flora, a maior companhia do casal, principalmente durante a quarentena.

Débora se lembra bem de quando ela e Luana entraram pela primeira vez no imóvel, cerca de 3 anos atrás. “Nos apaixonamos logo de cara pelo piso, pelo pé-direito alto, pelos armários antigos e pela varandinha perfeita para as nossas plantas”, ela conta. No dia da visita, as duas jornalistas se animaram tanto que Luana até comprou uma cerveja na padaria da esquina para fazer um brinde pelo momento tão especial. Elas sabiam que aquela data e aquele lugar marcavam o início de uma nova fase, e como o apartamento já estava em ótimo estado, elas só precisavam levar suas coisas e começar a decorar.

No apê, nenhum item foi adquirido por impulso ou sem propósito: os objetos são lembranças de viagens e momentos especiais, os móveis foram sendo ressignificados e cada compra é muito bem pensada antes de ser realmente efetuada. Entre os xodós das moradoras estão as peças que, de certa forma, misturam memórias e afetos, como os crochês da avó de Débora, emoldurados ao lado da cama, e o tambor que Débora deu para Luana na época em que as duas ainda nem moravam juntas, mas agora tem ainda mais sentido pois ganhou uma pintura especial: “Demos uma pequena festa em casa e nossa amiga Paula Rezende nos pintou no tambor no mood do dia, com drinks e plantas”, elas lembram.

Durante a quarentena, muitas mudanças aconteceram no apartamento, envolvendo não só a decoração, como também toda a rotina do lar. “Nós tínhamos um escritório em Pinheiros, onde toda a equipe da Casa Lab trabalhava, e, com a pandemia, entregamos o espaço e nos adaptamos ao home office”, elas contam. Por conta disso, o quarto de hóspedes perdeu a cama e ganhou mesas, uma nova iluminação, um sofá de futon e um pouco do clima que elas já tinham construído no antigo endereço de trabalho.

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Mas as novidades não pararam por aí! Por estarem passando mais tempo em casa, elas também decidiram repaginar os espaços com tinta e adaptá-los à nova dinâmica do lar: a porta de entrada ficou amarela para alegrar o apê; o quarto ganhou um arco azul e uma meia parede na cor mostarda; o corredor foi finalmente olhado com mais atenção, o que já era uma vontade antiga; e até a televisão mudou de cômodo.

Para Luana e Débora, o lar é tão aconchegante porque as abraça e reflete suas personalidades em cada cantinho, sempre com alguma planta, um tecido gostoso de tocar ou cores terrosas que confortam a vista. Entre a rotina juntas, tanto no trabalho, quanto nas tarefas do lar, sempre há tempo para aproveitar a companhia e a casa, seja cozinhando, explorando os livros de receita, ouvindo músicas, conversando ou bebendo alguma coisa: “É muita sorte ter esse lugar para onde voltar, um lugar que acolhe e onde podemos ser nós mesmas da forma mais despida possível, sabe? A casa é esse lugar”, elas contam.

Texto por Yasmin Toledo | Fotos por Felco

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 34

  1. Senhorrrr… estou tonta de tantas ideias e belezuras!

    Responder
  2. Amei! De onde são os quadros com temas botânicos?

    Responder
    • Oi, tudo bom?
      Na verdade são de vários lugares: o de Tulipa e o de Polvo foram trazidos de viagem; o Caju é do J Borges e foi comprado na Cestarias Régio; o de plantas brasileiras elas ganharam de presente… e o menor preto e branco é da Arado @_arado. Vale conferir o trabalho deles porque é super bacana. Bjs

      Responder
  3. Parabéns, meninas! Fiquei encantada com o apto de vcs! Cada detalhe mais lindo, divertido, fofo — numa deliciosa mistura.

    Responder
  4. Lindo apê! De onde é o tapete da sala?

    Responder
    • Oi! Ele foi comprado há alguns anos pelo Westwing, mas a marca é Tapetes São Carlos. Bjs

      Responder
  5. Delícia de apê, cheio de detalhes divertidos! Vcs sabem de onde é o móvel que serve de bar?

    Responder
  6. Oi! Que casa mais inspiradora! De onde é o aparador?

    Responder
  7. Coisa mais linda! Qual o bairro do ap?

    Responder
  8. Que lugar mais lindoo! Parabéns! <3 Obrigada pela inspiração

    Responder
  9. Que delícia de apartamento! De quem é a arte da fotoimagem do casal que está no escritório? é possível encontrá-la?Bjos!

    Responder
    • Oi, Vanessa! É do Stephan Doitschnoff; ganhei quando fui no lançamento do livro dele na galeria Choque Cultural, mas ele estava com algumas coisas à venda recentemente. Veja no Facebook dele, talvez você consiga comprar.

      Responder
  10. Muito aconchegante e feminino.Vocês poderiam mostrar mais os banheiros e cozinhas nas publicações,ainda mais dos apartamentos antigos que mesmo não tendo reforma são um charme.Bjos!

    Responder
    • Oie, tudo bom? Verdade, nem sempre fotografamos todos os espaços.
      Mas vamos ficar atentas para mostrar mais nas próximas. 🙂

      Responder
  11. Que delícia! Por favor, s
    abem dizer como a manta foi fixada na parede perto do frigobar?

    Responder
    • Oi, Dani. Na verdade, é uma arte do Manuel Scroft, do Líquido Preto. Ela vem com dois ganchos atrás, que apoiamos em dois pregos e reforçamos com fita banana e aquela massinha multi-tack.

      Responder
  12. Que delicia ter acompanhado tudo isso desde o começo, vcs me inspiram muito, sempre digo o quanto são criativas e cheias de vida! Ammoooo!!!

    Responder
  13. Demais! vocês sabem me dizer de onde é o quadro da Yoko e do John? “War is over”?

    Responder
    • Oi, Gabi! Esse pôster a gente comprou na exposição que a Yoko fez em 2017 no Instituto Tomie Ohtake. Na lojinha deles talvez ainda tenha algum perdido. A moldura nós mandamos fazer.

      Responder
  14. Muito aconchegante e alegre! De onde é o poster “Obrigado Vida”?

    Responder
  15. Casa linda de viver! Muito capricho em cada cantinho, uma lindeza!

    Responder
    • Oi Izabel, tudo bom?
      A casa das meninas é aconchego puro, né? A gente amou também.

      Responder
      • Amei tudo! Qual a cor da parede da cabeceira da cama? Na matéria diz que é mostarda, mas o nome muda de acordo com a marca. É o tom que eu tô procurando aqui pra casa. Bjs

        Responder
        • Oi, tudo bom?
          A cor se chama Quentão, da Suvinil. Nós amamos esse tom e já vimos em várias casas, sempre fica lindo.

          Responder