Um apê para chamar de meu | Capítulo 2

“Esse apartamento marca uma mudança definitiva: de ter um lar e uma vida própria”

Para Raphael Patapovas, sua casa e sua personalidade estão muito relacionadas: ambas são miscelâneas de referências que dialogam e mudam com o tempo, misturando arte, ciência, política e outras esferas. Como designer gráfico, é natural que ele esteja sempre buscando inspirações, e seu apê acaba refletindo isso de forma espontânea: “Acredito que essa expressão esteja muito relacionada ao que há de mais profundo na essência das pessoas. Não acho que conseguimos moldar a nossa linguagem… hora ou outra acabamos expondo o que somos de verdade”, ele diz.

Já que se define como alguém nada minimalista, o morador não tem medo de combinar móveis, cores e objetos em seu lar, o que resulta em espaços cheios de vida e criatividade. Pelas paredes estão obras de arte compradas de seus colegas, presentes do namorado, sobras de projetos e coisas que o chamam a atenção pelo caminho, desde recortes de revista até bandeiras e flores: “A decoração é um pouco assim aqui em casa, entre forma e função, devaneios e badulaques vão ocupando o seu espaço… sem nenhuma certeza que amanhã estarão no mesmo lugar. Sempre narrativas diferentes, formando novas histórias”.

Na cozinha, uma reforma comandada pelo arquiteto Renato Périgo alterou os revestimentos e separou o corredor com elementos vazados: “A escolha de um cobogó que remete às raízes desse elemento, assim como o piso de ladrilho hidráulico desenhado pelo Paulo Mendes da Rocha, foram revelando intenções cheias de referências do passado que enriqueceram ainda mais o projeto”, diz Raphael. Além disso, a paleta de cores que mistura um azul pastel com tons de madeira e os verdes das plantas deixa o clima suave e acolhedor.

No dia a dia, o cômodo não poderia ser mais funcional, servindo para preparar receitas e também como lavanderia. Como o morador adora cozinhar e receber amigos, a mesa pequena — geralmente usada para cafés da manhã e jantares rápidos — é levada para a sala nos dias de casa cheia. E Raphael sempre ressalta que ali não há um lugar fixo para nada. Com o movimento do lar concentrado na parte social, o quarto segue uma linha um pouco mais básica, na medida do possível para um morador que adora se cercar com o que o inspira: “Pensei em deixar esse espaço mais simples, sem muita informação, uma área de descanso mesmo”, Raphael diz.

Em ordem de importância, Raphael elenca o que não pode faltar em seu apê: gente, vinho, planta e café. Quando não está com o namorado ou recebendo os amigos, o designer gosta de ouvir músicas, ler e explorar — mesmo que de forma clichê — tudo o que uma casa tão aconchegante possibilita. Para ele, é impossível ter o ambiente doméstico totalmente sob controle, afinal, é ali que os traços mais pessoais de cada um se encontram livres: “Na minha opinião, os lares têm vida própria. Não adianta a gente querer dizer que ele será assim ou assado, pois, quando a gente menos espera, acontece uma reviravolta. Assim, a casa deixa de ser como a gente tinha idealizado e começa a revelar os traços de nossas personalidades. Mais ou menos como os pets que são a cara do dono, sabe? Acho que é por aí”, ele brinca. 

Texto por Yasmin Toledo | Fotos por Maura Mello

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 33

  1. Que sonhoooo esse apto!!! Essas plantinhas na bancada da “lavanderia” estão tão incríveis!
    Essa bancada da cozinha é cimento? Tá tão maravilhosa….

    Responder
    • Oi Valéria, tudo bom?
      Impossível não se apaixonar por esse apê, né?
      Pelo que parece, as bancadas são de concreto mesmo. Beijos

      Responder
  2. Uaaaal, casa fantástica! Vcs sabem qual o piso e o revestimento do box do banheiro?

    Responder
    • Oi Iago, tudo bom?
      O piso do banheiro é um ladrilho hidráulico pequeno, da marca Ladrilar. Inclusive no box, mas ladrilhos no box podem dar problemas de infiltração, então vale um cuidado a mais na execução.

      Responder
  3. Esse banheiro é muito incrível. Só o essencial.

    Responder
  4. Amei a jarra de ceramica com o olho e a luminária verde do quarto. De onde são?

    Responder
  5. Nossa, essa cozinha e esse banheiro estão A COISA MAIS LINDA QUE JÁ VI

    Responder
    • Hahaha, realmente estão lindos mesmo. A cozinha é das mais bonitas que já mostramos no blog, com texturas, cores e plantas que dão muito aconchego.

      Responder
  6. Ah! Amei esse lar e sua história! Tudo muito lindo, de bom gosto, arrumadinho! Um encanto!!! Também vejo tudo no histórias de casa e é sempre um prazer a cada publicação! Vocês estão de parabéns! Bjs!

    Responder
    • Oie, tudo bom?
      Esses comentários nos deixam super felizes! Estávamos ansiosas para publicar a casa do Rapha (fotografamos em março! rs). E é tão linda que não víamos a hora de colocar no site. rs… 🙂

      Responder
  7. Eu amo o Histórias de Casa! Vejo todas as postagens e posso dizer que esse apto é um dos mais incríveis que já vi. Lindo demais <3

    Responder
    • Oie, tudo bom?
      Está todo mundo apaixonado por esse apartamento – e com razão, porque ele é realmente especial. Ficamos felizes que tenha curtido tanto (e que acompanhe todas as histórias!!). Obrigada pelo carinho. 🙂

      Responder
  8. Um ap. “remodelado” de acordo com a personalidade do seu dono. Assim, resultou uma combinação muito boa de – espontaneidade, aconchego, liberdade e sentido estético. Gostei muito das combinações de cores que as peças utilizadas na decoração junto as plantas, dão como perspectiva visual. Muito bom!!!

    Responder
    • Ficou lindíssimo mesmo. Nos apaixonamos por essa casa! Um lar autêntico e com muito aconchego. 🙂

      Responder
  9. De onde vem o espelho no quarto?

    Responder
    • Oi, tudo bom?
      O espelho foi comprado em uma vidraçaria no Itaim, mas o morador não lembra qual exatamente. Bjs

      Responder
  10. Simples por isso mesmo, sofisticado!
    Amei!

    Responder
  11. Um apê apaixonante! Lindo demais.❣️

    Responder
  12. Oi!! Você sabe de onde é essa cadeira azul maravilhosa?

    Responder
    • Oi Talita, tudo bom?
      Linda a cozinha, né? A cadeira azul foi comprada na loja Collector. Se chama Cadeira Grid.
      Beijos

      Responder
  13. Que lindo! Sabem dizer de onde é a cama baixinha?

    Responder
  14. Lindo, harmonia, luz, tudo de muito bom gosto. Parabéns!

    Responder
  15. Que deslumbre de apartamento! Tudo lindo, harmonico e de muito bom gosto!

    Responder
  16. Lindo! Amei tudo!

    Responder
  17. Muito lindo esse apto! Ladrilho hidráulico ficou maravilhoso! Onde comprar esse lustre do teto do banheiro?

    Obrigada!

    Responder
    • Oi Silvia, tudo bom?
      Impossível não amar, né? A luminária foi comprada na loja Yamamura. Beijos

      Responder
  18. Haja coração. Apartamento delicioso e de extremo bom gosto. Parabéns. Gostaria de saber qual é o tipo de piso do banheiro. Bjos!

    Responder
    • Hahaha, lindo demais mesmo!
      O piso do banheiro é um ladrilho hidráulico menor, da marca Ladrilar.
      Beijos

      Responder