A história de uma casa pode ser contada de inúmeras maneiras. Algumas construções antigas revelam um tempo que já passou, enquanto certos móveis de família que foram migrando de geração em geração carregam uma memória afetiva única. Mas mesmo para quem não tem relíquias familiares, existe outro jeito de decorar com originalidade: o garimpo de peças vintage. Nesse caso, o olhar atento é o que pode garantir um ‘novo’ item para a casa… que de ‘novo’ não tem nada. E é essa a graça! São objetos com marcas do tempo, produzidos muitas vezes à mão e repletos de detalhes.

Essa busca por uma decoração que dá destaque ao antigo já é conhecida, mas há um novo ingrediente nessa receita: o garimpo online das peças. Se, antes, era necessário ir até uma feira de antiguidades ou a um antiquário para encontrar alguma raridade, hoje em dia a venda desses itens tem acontecido online, nos sites e redes sociais de garimpeiros que resolveram se dedicar a esse segmento do mercado. Nessa hora, o mais importante é a comunicação, como explica Mariana Wakim, da loja de tapetes Tapilogie: “O maior desafio de vender online itens que podem possuir avarias é comunicar muito claramente tudo sobre o estado da peça – tanto na descrição quanto nas fotos – para que a tomada de decisão de compra seja bem consciente”.

Tapilogie: em busca dos tapetes dos sonhos

O interesse de Mariana por tapetes antigos começou bem antes de a Tapilogie ganhar vida nas redes sociais, em agosto de 2020. “Sempre fui garimpeira, tanto com roupa quanto com decoração”, conta. Ela lembra que já ficava de olho em um tapete enquanto comprava o próximo. Sua coleção ficou grande e então Mari decidiu fazer a curadoria para outras pessoas que também se encantam pelas texturas, cores e padronagens dessas relíquias. Outro detalhe que faz toda a diferença para ela são as marcas do tempo. A ideia do garimpo desses itens não está na perfeição, mas sim em seu potencial de fazer parte da vida de quem os adquire:

“Meu olhar é sobre peças interessantes com uma história a contar. Essas são pra mim as mais charmosas. Sou muito romântica, então o principal pra mim é que seja amor à primeira vista. Claro que ter as medidas do seu espaço em mente é sempre importante e também a proposta do que quer para o ambiente, mas sou a favor de quebrar regras, misturar texturas e cores, fazer sobreposições… Meu garimpo é muito movido à intuição, assim como a minha forma de decorar: quando bato o olho e a peça me faz sentir algo, trago-a para a curadoria e tento passar esse mesmo sentimento que tive para as pessoas.”

Garimpos online, loja de tapetes Tapilogie
Garimpos online, loja de tapetes Tapilogie
Garimpos online, loja de tapetes Tapilogie
Garimpos online, loja de tapetes Tapilogie
Garimpos online, loja de tapetes Tapilogie

Antônio: dom que vem de família

Para Manoel Paiva, criador da loja online Antônio, esse interesse também passa pela unicidade dos objetos que encontra. A harmonia de cores e os detalhes de fabricação chamam a sua atenção, mas alguns itens são ainda mais especiais, como os dois pesos de papel feitos em vidro soprado que chegaram até ele pelas mãos de sua mãe: “A imagem de um dos pesos remete à cabeça de uma coruja, que era o apelido do meu pai, Antônio”, Manoel explica. Inclusive, o nome da loja é uma homenagem a ele, que faleceu há 10 anos. Comerciante, Antônio iniciou a carreira como vendedor bem jovem e tinha jeito para a coisa.

“Em 1987, ele e a minha mãe abriram uma loja em Santa Catarina que existe até hoje. O comércio sempre esteve presente na minha vida e eu gostava muito de acompanhar os atendimentos na loja”, ele conta. Os clientes viravam amigos e os já amigos se tornavam clientes. Essa memória, de certa forma, inspirou Manoel a atuar com vendas também.

Um dos produtos favoritos de sua loja online é um pote de cerâmica que ele adquiriu em uma viagem ao Marrocos. “Foi muito especial, um mergulho na cultura do país, e isso me inspirou muito na Antônio”, diz. Quando esteve na cidade de Fès, Manoel visitou uma fábrica fora do centro da cidade e conheceu diversos processos de manufatura local. Lá, ele se encantou pelo pote com base ocre pintado à mão nas cores verde, azul, vermelho e laranja. “É uma peça linda, com técnicas milenares e que eu vi surgindo ao vivo. Me marcou!”.

Garimpos online, loja Antônio Objetos
Garimpos online, loja Antônio Objetos
Garimpos online, loja Antônio Objetos
Garimpos online, loja Antônio Objetos
Garimpos online, loja Antônio Objetos

Antique Mangone: amor pelo restauro

A tradição que começa na família também faz parte da loja online Antique Mangone. A curiosidade dos arquitetos Daniel Carcavalli e Diego Petrini pelos objetos nas casas de seus parentes foi o primeiro passo para desenvolverem esse olhar especializado, que consegue perceber se um móvel ou objeto decorativo vai render boas descobertas. Mas não foi só isso: muitas visitas a antiquários e pesquisas sobre o assunto fizeram o casal unir a paixão pelo garimpo à oportunidade de abrir um negócio.

“Achávamos muitos itens bacanas que estavam fadados a viver em prateleiras empoeiradas, mas como já tínhamos diversas peças em casa, acabávamos não comprando para nós. A fim de resgatar essas histórias de algum modo, passamos a comprar e revender esses tesouros”, eles dizem. Os objetos da loja são realmente grandes achados, como um conjunto de pratos filetados a ouro que os dois descobriram ser de 1906.

Para o casal, a circulação dessas antiguidades tem como maior vantagem a “sua consolidação no tempo, que demonstra sua qualidade, valor e raridade”. Além disso, há um impacto importante na lógica de consumo atual: “Comprando produtos de segunda mão, evita-se o descarte desnecessário. Outro fator positivo é que quando alguém adquire um produto antigo, está fazendo um investimento, já que o item possui valor agregado – não estamos nos referindo somente ao valor monetário, mas também ao valor temporal e sentimental”, dizem. E é por isso que saber as origens e histórias desses objetos deixa o processo ainda mais especial e colabora para uma rede de consumo consciente.

Garimpos online, loja Antique Mangone
Garimpos online, loja Antique Mangone
Garimpos online, loja Antique Mangone
Garimpos online, loja Antique Mangone
Garimpos online, loja Antique Mangone

Feitos por meio de técnicas antigas ou fabricados em outro contexto social e cultural, esses objetos agora passeiam por um mundo do qual não participavam na época de seu nascimento: o online. O interesse vem um pouco daí, o de preservar a história e optar por um consumo que foge da produção massificada.  No final das contas, é sobre um amor à primeira vista que se transforma em zelo, como explicam os donos da Antique Mangone. “Existe uma frase do livro ‘Manual do Colecionador de Antiguidades’, de José de Almeida Santos, que usamos como mantra: “A verdadeira arte de colecionar consiste no relacionamento harmônico dos objetos selecionados, seja nos museus, seja em sua casa.” Ou seja, é um jogo balanceado para não cometer excessos”, finalizam.

Texto por Natália Pinheiro | Fotos por Maura Mello e Leila Viegas, e também cedidas por Tapilogie, Antônio e Antique Mangone