Um pouco de cada um | Capítulo 1

A decoração dessa casa incrível reflete o olhar e referências de seus moradores

A história da galerista Fernanda e do produtor de cinema André começou na infância, quando os dois estudavam juntos e ainda não faziam ideia de que no futuro viveriam na mesma casa, com direito a gato e cachorros. “Temos várias fotinhos nossas de quando éramos crianças, mas só fomos nos reencontrar anos atrás. Foi muito inusitado. Não imaginávamos que um dia estaríamos juntos, demorou algum tempo para começarmos a sair e esse início de relacionamento foi bastante especial. A vida é uma aventura e o dia de amanhã é imprevisível, né!?”, eles contam. Atualmente Fernanda e André dividem sua primeira casa, no bairro de Pinheiros. Nesse lar, o clima é descontraído e o espaço está sempre tomado por plantas, arte, amigos e animais.

Na época da mudança, vários fatores influenciaram na escolha do endereço onde vivem hoje, como a rua arborizada e tranquila; a área externa gostosa para os pets; a luminosidade da casa; o preço do aluguel e a localização. Como o lugar não precisou de reformas, em um primeiro momento ambos trouxeram parte dos móveis que cada um já possuía para ambientar os cômodos e pronto. Depois, com o tempo, novas peças foram integrando a composição. “Praticamente todo o mobiliário aqui de casa é de segunda mão”, dizem os moradores, que adoram pesquisar itens antigos de design brasileiro e combiná-los com elementos mais contemporâneos.

Para quem entra na casa, é impossível não se impressionar com sua personalidade, que mistura a arquitetura antiga e charmosa com toda a bagagem dos moradores, apaixonados por arte e inspirados por esse universo que os cerca. “Viajamos bastante, gostamos muito de natureza, da cultura do nosso país e também dos países que visitamos. Gostamos de história, de culinária, de conhecer espaços que difundem arte, cinema, literatura… tudo isso influencia a gente”, o casal fala. Com esse olhar sensível para o mundo, não é surpresa que o seu lar seja tão vivo e inspirador. 

Fernanda é formada em arquitetura e comanda a Central Galeria; já André, além de produtor de cinema, tem o diploma de cientista social e muito interesse por expressões artísticas que dialogam com a sociedade. “A arte para mim veio desde criança, algo que não sei como explicar, mas sempre esteve presente na minha vida. Brinco que não fui eu que escolhi a arte, mas que foi ela que me escolheu”, Fernanda fala. 

Apesar de ambos entenderem a beleza e o significado de cada peça de sua morada, eles destacam uma história em especial: “Fomos em uma retrospectiva do artista Véio no Itaú Cultural e desde então era um sonho visitá-lo. Ele mora no interior de Sergipe e, no começo de 2019, o André dirigiu um documentário sobre a vida dele. No final da viagem, ganhamos duas obras como presente de agradecimento e foi muito emocionante”, dizem os moradores, que tiveram esse sonho realizado.

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Com tanto espaço na casa, André e Fernanda aproveitam para ocupá-lo não só com peças especiais, mas também com muitos amigos, que estão sempre por perto, compartilhando suas referências e personalidades: “Uma amiga está hospedada aqui e ontem fizemos um jantar para 13 convidados com receitas que ela aprendeu com sua avó, nascida na Líbia. No fim, usamos a toalha de mesa da minha avó, as louças da avó do André e as receitas que vieram da avó da Raz. Foi bem especial e único. São essas experiências que mais gostamos de vivenciar e compartilhar com as pessoas próximas”, Fernanda diz.

Como tudo na vida desse casal, a casa aconteceu de forma muito espontânea. Eles nunca pensaram de fato em fazer a decoração com um estilo específico, apenas queriam morar em um lugar agradável e que tivesse a personalidade dos dois – por sorte, seus gostos e móveis se complementaram perfeitamente. “Aqui é uma mistura. Um agrega o outro e nosso lar reflete isso. Tem um pouco do André, um pouco da Fernanda e um pouco dos dois”, eles falam. * Impossível não ficar curioso para ver o restante dessa casa, né? Então não deixe de conferir o Capítulo 2!

Fotos por Maura Mello

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 18

  1. Eu sempre quero saber onde eles compram os tapetes…um mais lindo que o outro.

    Responder
    • Oi, tudo bom? Esses são lindos mesmo.
      Nesse caso os tapetes são antigos, herdados de família. Apaixonantes, né?

      Responder
  2. De onde são esses vasos compridos amarelos??? É lindo!

    Responder
  3. Oi! Casa linda. Essa mesinha de ferro que tá com as toalhas dentro e da onde?

    Responder
  4. Qual a história dessa mesa vermelha maravilhosa? Tive palpitações quando a vi, to na busca de uma pra mim e me apaixonei por ela, é perfeita! É possível achar ela em alguma loja ou foi garimpo?

    Responder
  5. sabe dizer que plantas/flores são essas parecidas com copo de leite?

    Responder
  6. maravilhosa essa casa! amei as almofadas so sofá!! sabem dizer de onde é? obrigada!!

    Responder
  7. Maravilhoso!!! De onde é o tapete que fica em frente ao sofá ? Obrigada e parabéns !

    Responder