Apê incrível no Copan | Capítulo 1

Um lar povoado de histórias em uma das obras-primas de Niemeyer

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

A vontade de morar juntos acabou acontecendo de forma natural para a executiva Adriana e o diretor de filmes André. Primeiro, foram algumas gavetas compartilhadas; depois veio o cachorro Tião – sob responsabilidade mútua; e, por fim, a decisão de unir de vez as experiências em um só lar. E como André já vivia em um apartamento de 140m² em pleno Copan, foi ali, em meio ao centro de São Paulo, que o casal estabeleceu sua nova rotina.

Para Adriana, o lugar já era lindo e especial, pois refletia a alma de seu companheiro, com espaço para os discos, livros e artes de André, mas aos poucos sua presença foi também ocupando e convivendo com o que estava ali. “Vejo o apê como um lugar vivo, que reflete os momentos que vivemos como indivíduos e companheiros. Chegamos eu e o Tião, e as coisas naturalmente foram se reconfigurando na forma como ocupamos o espaço”, ela conta. Plantas, incensos e comidinhas veganas foram algumas de suas muitas contribuições para o clima acolhedor no apartamento.

Com novas demandas, uma reforma também se fez necessária, priorizando o convívio, com ambientes abertos e livres para a circulação. Para essa etapa, o casal decidiu aumentar o espaço, emendando a casa com o apê ao lado, comprado com esse propósito. Como Adriana pratica yoga todas as manhãs, a presença de um shala foi um dos toques mais sensíveis na configuração dos cômodos: “Um shala por conceito é um local vazio dedicado apenas à yoga. É de certa forma sagrado e representa a importância da prática na minha vida. Eu pratico todos os dias e, de tempos em tempos, recebo amigos e professores. É uma energia importante e bonita que circula ali. Tenho sorte de ter espaço físico pra isso e de o André, como companheiro, ter topado e amado a ideia”, ela explica.

Por toda a casa, itens de viagem, presentes de amigos, plantas, símbolos e artes se espalham e contam histórias diferentes de como chegaram até ali. Para o casal, a decoração aconteceu sem que fosse necessário pensar muito sobre isso: “É mais um lance de ir encontrando coisas legais pelo caminho”, eles dizem. Entre as peças favoritas estão lembranças que trouxeram de uma viagem ao Japão, itens energizados que compõem o altar do shala e quadros do artista Arnaldo Baptista.

Não à toa, o centro físico da casa é representado pelo que pode ser chamado de ‘canto da música’, onde ficam os muitos discos e CDs. Para Adriana e André, tudo acontece ali e a rotina do lar se faz em meio às trilhas sonoras mais diversas.

“Aos poucos, nossas vidas foram se encaixando e isso se traduziu na casa como ela é hoje. Tem um pouco dos dois como indivíduos e também coisas que são dessa vida como companheiros. O clima muda conforme a gente muda também, mas o essencial está sempre aqui de alguma forma”, o casal conta. * Vamos continuar o tour pelo apartamento? Fique de olho para não perder o Capítulo 2 aqui no blog.

Fotos por Rafaela Paoli, do Estúdio Pulpo

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 12

  1. Bom dia. Sou Cristina Aragão. Trabalho na GloboNews e estou fazendo um documentário sobre o Copan. Em 2017, eu fiz um outro doc sobre o Copan e entrevistei o André nesse apartamento incrível. Vc pode me passar o contato dele ? Vi que vcs tb decoraram um outro apto lá. Seria incrível se eu tb pudesse falar com os moradores. Desde já muito obrigada.
    Segue meu contato e whats
    21 991248163
    Cristina

    Responder
    • Oi Cristina, tudo bom?
      Obrigada por entrar em contato com a gente, mas não temos autorização para ceder os contatos dos moradores que fotografamos pro site.
      Espero que entenda, Beijos

      Responder
  2. Palo Santo está em extinção 🙁 parem de comprar…

    Responder
  3. Olá meninas!!! Tenho duas perguntas para este apartamento que é o meu xodó: 1) gostaria de saber de onde são esses tapetes maravilhosos!!!!!?Também preciso muito da indicação da empresa que executou esses balcões de concreto! Já tenho o projeto, falta executar! Parabéns ao projeto!

    Responder
    • Oi Dhe, tudo bom?
      Esse apto é realmente incrível. Não conseguimos descobrir a origem dos tapetes, mas podem ser garimpados ou de família. Às vezes dá pra encontrar em leilões online.
      Sobre a bancada de concreto, tbm não temos essa informação. 🙁 O projeto é do escritório Felipe Hess, talvez eles saibam dizer. Beijos

      Responder
  4. Sensacional! Vontade de morar nele. Obrigada!

    Responder
  5. Que matéria incrível! Esse apartamento meio brutalista maravilindo, só faz despertar ainda mais o desejo de ter um desse no icônico Copan , uma obra de arte.

    Responder
  6. Gostei muito desse apartamento.
    Gostaria de saber de onde são os cestos de crochê.

    Responder