Logo Electrolux Parceria

Quem vê o apartamento colorido e cheio de vida da Rita nem imagina que o espaço ficou vazio por um ano inteiro. “Eu comprei o imóvel em 2015. Acabei com todas as economias e com isso ele ficou fechado por esse tempo. Em 2016, comecei uma reforma e finalmente me mudei em março de 2017”, conta a profissional de marketing. O que mais encantou Rita quando ela visitou o apê foi o prédio onde ele fica, uma antiga mansão de 1945 que foi loteada em apartamentos. “Adoro prédios antigos e isso me interessou muito. Gosto até do elevador pantográfico, característico da época”. Pra completar, a divisão dos cômodos também agradou a moradora, com direito a uma cozinha grande e espaçosa para cozinhar na companhia de amigos e familiares. 

A lista de alterações feitas durante a primeira obra é grande, mas a recompensa de morar em um lugar tão acolhedor e criativo fez valer a pena. O banheiro foi totalmente reformado; um dos quartos virou sala de TV com a parede de tijolinhos expostos; os revestimentos da cozinha foram trocados e o piso de madeira em peroba rosa foi descoberto quando a moradora decidiu retirar o acabamento que havia por cima. Parece que acabou, mas tudo isso aconteceu apenas na primeira reforma. Agora em 2021, a moradora fez outra transformação em metade do apartamento e embarcou em uma nova decoração para trazer ainda mais personalidade ao seu lar. 

E esse novo quebra-quebra foi mais desafiador ainda. “Eram mudanças que estavam sendo procrastinadas há uns 3 anos. Todo ano, ao invés de concluir a reforma, eu fazia uma viagem (risos). Todo ano, a sala de jantar mudava de nome: um ano era França, um ano era Rússia, o outro era África do Sul… em 2020, ela se chamou pandemia”, Rita brinca. Mais tempo dentro de casa fez a moradora voltar os olhos para o apê e deixá-lo com menos cara de ‘hotel’, como ela mesma diz, servindo apenas para dormir e tomar banho. E o que começou na sala de jantar se estendeu para o hall de entrada e também para o quarto.

Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Adega Electrolux para 8 garrafas
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema

Dessa vez, Rita colocou a mão na massa de fato. Pintou as paredes, criou o cantinho de chegada no hall, fez testes de cores, viu muitos tutoriais na internet e finalmente montou o home office no quarto, que fazia falta na rotina. No meio de todo esse movimento, conseguiu deixar a decoração do jeito que realmente queria: “Coloquei os meus quadros nas paredes, em praticamente todos os cômodos da casa. Antes disso, eles ficavam pelo chão encostados”. E basta dar uma olhada rápida neles para perceber que as paixões da Rita são a música e o cinema, principalmente. Mas ainda tem outro elemento que não pode faltar: as lembranças dos lugares que já visitou. “Para onde você olha, você encontra essas referências. Do hall de entrada com temática de viagens à sala de TV com quadros de cinema”, diz. 

Porém, se for para escolher um espaço da casa para chamar de xodó, quem entra em cena é a sala de jantar e o bar, que juntos formam uma dupla perfeita para Rita. Como a vitrola fica ali por perto, ela consegue fazer refeições enquanto escuta seus amados discos de vinil e ainda encontra inspiração para fazer um coquetel para os amigos. “Além de gostar muito de cozinhar, já fiz curso de bartender, então adoro servir drinks ou mesmo abrir um vinho”, conta. E é claro que a cozinha tem tudo a ver com esse espaço em volta da mesa. “A cozinha é parte muito importante da casa. Se a sala de jantar é o coração, a magia toda ocorre na cozinha. Gosto de cozinhar com os amigos ao redor”.  

O prazer pelo ato de cozinhar foi algo que ela aprendeu com a mãe, mas que continua exercendo no dia a dia – e sempre quando pode preparar algum prato especial para as visitas. “Amo fazer uma receita nova e convidar os amigos para prová-la. Testar sabores diferentes, ingredientes inusitados. Adoro!”. Além da bancada grande que ajuda Rita a organizar as etapas das receitas, os eletrodomésticos da Electrolux fazem toda a diferença nesse momento: desde a coifa que ajuda na hora de preparar comidas com mais fumaça até a geladeira que armazena os alimentos frescos por mais tempo e ainda deixa as bebidas bem geladas para todo mundo.

Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Chaleira Elétrica Electrolux e Cooktop 4 bocas Electrolux a Gás
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema
Apartamento antigo com decoração colorida e referências de música e cinema

Atenta à decoração do jeito que Rita é, a beleza dos produtos da Electrolux também contou na hora de escolher o que mais tinha a ver com sua cozinha: “Toda vez que escolho um eletro penso em quanto vai combinar com minha casa/cozinha e também o quanto vai me ajudar no dia a dia a ter pratos mais gostosos”, ela diz. A maneira como Rita encara o tempo na cozinha e a decoração do espaço se reproduz em todos os outros cômodos, que estão sempre unindo funcionalidade e estética. O período que passou em casa durante a pandemia fez a moradora olhar com mais carinho e cuidado para o lar, e os frutos dessa nova relação continuam aparecendo por lá.

Os planos para 2022 incluem um novo visual para a lavanderia, que a moradora gosta de chamar de “varanda gourmet de serviço”. Por enquanto, Rita prefere aproveitar tudo o que construiu até agora nesse apê antigo que conquistou seu coração há muitos anos. E para fazer isso, ela aposta no tempo. Tempo para ouvir música, escolher um disco de vinil para tocar na vitrola, cozinhar, preparar um drink ou ficar tranquila no sofá apreciando um bom filme. Não importa a escolha, o que Rita não abre mão é de um espaço do seu jeito, pronto para receber quem ela quer bem: “Para mim, qualidade de vida é poder desfrutar das coisas que eu gosto, em um ambiente aconchegante e ao lado das pessoas que amo. Como a frase citada no filme e também no livro Into The Wild: ‘A felicidade só é real quando compartilhada’”, finaliza.

Texto por Natália Pinheiro | Fotos por Leila Viegas