É uma delícia mudar de ares de vez em quando, né? E se tem um assunto que a gente ama tanto quanto decoração, é viagem! Pensando nisso, criamos uma coluna nova muito especial. Além de trazer dicas interessantes para quem vai viajar, queremos ir a fundo em cada cidade ou destino, e o melhor jeito de fazer isso é conversando com quem mais entende do lugar: seus moradores ou viajantes assíduos. As matérias dessa coluna são boladas por colaboradores convidados por nós – pessoas que admiramos por seu trabalho e que de quebra vivem em cidades incríveis espalhadas pelo mundo. Vamos viajar juntos?

Estreando essa série de matérias, o arquiteto Andrew Trotter nos empresta seu olhar inspirador para falar de um lugar que ele adora: a região de Puglia, na Itália. Andrew nasceu na Inglaterra, estudou design na Austrália e atualmente mantém um escritório em Barcelona, porém seu coração sempre retorna a este pedacinho da costa mediterrânea – e é fácil de entender o porquê. Além dos projetos de arquitetura e design de produtos, Andrew também é um dos criadores da Openhouse Magazine, uma revista de cultura e lifestyle sobre (e para) pessoas criativas ao redor do mundo.

PUGLIA por Studio Andrew Trotter

Eu tenho visitado Puglia regularmente pelos últimos 6 anos, e agora a região é minha segunda casa. Quase todo mês eu viajo para lá, seja a lazer ou a trabalho. Puglia está se tornando cada vez mais turística, mas ainda é fácil encontrar restaurantes tradicionais e pequenas cidades praticamente esquecidas pelo tempo. A comida está no coração de quem vive ali, e como o local possui as maiores plantações de oliveiras em toda a Itália, o azeite costuma ser o ingrediente principal.

CIDADES

Ostuni, La Citta Bianca: Mesmo sendo um pouco mais turística, é um destino imperdível. Essa bela cidade, empoleirada no alto de uma colina com vista para o mar, é um ‘must see’. Com suas ruas sinuosas e majestosas vilas, é um dos pontos mais bonitos de Puglia. Coma no Coffee and More, onde a Ursula faz as melhores saladas e sanduíches da região. O Monocelli é outro restaurante com ótimos pratos locais, e vale experimentar também o sorvete de pistache na Gelateria Borgo Antico.

Alberobello: Essa cidade chama a atenção principalmente pelos Trulli, que são construções branquinhas com telhados de pedra em formato de cone típicas do local. A área costuma ser bastante frequentada por turistas, porém é outro destino que merece entrar na lista.

Locorotondo, Citernino e Martina Franca: 3 cidades no lindo Valle d’Itria que são um esconderijo perfeito para quem quer escapar das multidões, com ruas tranquilas e arquitetura interessante.

Polignano a Mare: Outra cidade erguida no alto de colinas sobre o mar. Uma paisagem deslumbrante. Quando estiver lá, coma no restaurante Il Grottone.

Monopoli: Essa cidade é a ‘irmã’ tranquila de Polignano, por ser menos turística.

Lecce: Uma impressionante cidade barroca, com uma arquitetura que vai te surpreender e encantar. Passeie pelas ruas sem rumo, de dia ou à noite, e não vai se arrepender. Coma o prato Horse Stew Pasta no Bar Moro.

Galetina and Nardo: Cidades-irmãs pequeninas e similares a Lecce.

Santa Cesarea: Uma incrível e pequena cidade costeira com uma ótima piscina pública entre as pedras.

Otranto: Quando estiver lá, não perca o piso de mosaico da catedral.

ONDE COMER

Il Principe del Mare, em Saveletri: A melhor barraca de praia com peixe fresco. Um lugar básico e simples, mas é o meu favorito.

Miramare Da Michele, em Torre Santa Sabina: Um restaurante local e bem descontraído, com ótimos peixes e massas.

Bar Moro, em Lecce: O bar em si não tem nada de especial, mas amamos a massa com ragu de cavalo.

Jantar no Masseria Moroseta, em Ostuni: O Moroseta normalmente só está aberto aos hóspedes, porém na hora do jantar eles aceitam clientes de fora. A chef Gioriga é ótima.

La Taverna del Porto, em Tricase Porto: Um restaurante muito bom, com uma nova abordagem para pratos locais.

Farmacia Balboa, em Tricase: Eles têm ótimos drinks e vale também pegar uma pizza no restaurante ao lado.

Lido La Castellana, em Otranto: Um lugar muito legal para curtir uma massa perto do mar.

.

ONDE FICAR

Indico três lugares projetados por mim na região. O Masseria Moroseta, em Ostuni, hotel boutique com 6 quartos. A Villa Cardo, em Carovigno, uma casa com 4 quartos disponíveis para hospedagem. E a Villa Castelluccio, em Ceglie, com apenas 3 quartos.

Masseria Potenti, em Manduria: Uma antiga fazenda transformada em um lindo hotel por Maria Grazia e sua filha Chiara.

Palazzo dell’Elefante della Torre, em Galetina: Christian e Antonio transformaram esse palazzo de 300 anos de idade em uma pousada de 3 quartos repleta de móveis icônicos e mid-century.

Palazzo Daniele, em Gagliano del Capo: Um maravilhoso hotel gerido por Francesco e seu time.

Fotos por Salva López

.