43m² muito bem resolvidos

Nesse apartamento pequeno, tudo o que os moradores mais amam tem seu espaço

Há 7 anos, o casal de fotógrafos Frankie e Marília compartilha a rotina em um apê de 43m² na região da Av. Paulista. No bairro, eles têm acesso a  tudo o que precisam – o escritório fica ao lado, a família mora por perto e os lugares que frequentam estão a poucos passos de distância. Essa facilidade foi o que pautou a decisão de reformar o espaço, por mais que algumas pessoas não entendessem a ideia: “Tivemos um episódio com um engenheiro que veio fazer um orçamento e achou que nós éramos loucos por investirmos em um apartamento desse tamanho, porque com o valor da reforma e do imóvel, poderíamos morar em um lugar maior em outro bairro. Já os arquitetos, que sempre entenderam nossa filosofia de vida, compraram nossa briga, e aqui estamos hoje”, conta Frankie.

Na verdade, o fotógrafo mora no endereço há 12 anos, mas sua vida e rotina mudaram quando o apê passou a ser um lar para dois. Com o dobro de informações e vivências, novas necessidades surgiram, e a reforma se tornou cada vez mais indispensável. O banheiro era grande demais; os móveis, pouco funcionais; não havia separação entre quarto e os outros ambientes; e a cozinha tinha problemas de planejamento. Com muitas demandas e metragem reduzida, os maiores desafios eram aproveitar melhor os espaços e distribuir a entrada de luz natural, que se dá basicamente pela janela do quarto.

Os responsáveis pelo projeto foram o pessoal do escritório Sabará Arquitetura junto com a arquiteta Mariana Wilderom. O morador conta que a forma como chegaram até eles foi um tanto quanto surreal: “Já estávamos há muito tempo procurando as pessoas certas para abraçarem a reforma, até que um dia, em uma sorveteria em Pinheiros, enquanto conversávamos sobre esse dilema, um rapaz sentado ao nosso lado escutou a conversa e se ‘intrometeu’, falando que talvez tivesse a solução. Ele nos deu a indicação do escritório e vimos que era exatamente o que queríamos. Quando os conhecemos ao vivo parece que tudo se alinhou”. A marcenaria também foi projetada por Mariana, que teve o cuidado de usar as malas de equipamentos fotográficos como medida base para a estante principal, adaptando-a ao máximo para as necessidades do casal.

A preocupação com a iluminação do apê pautou muitas escolhas, entre elas a porta de vidro que separa o quarto e também a cor rosa na parede entre sala e banheiro. Na decoração, inspirações e lembranças de viagens se espalham pelas paredes, prateleiras e bancadas, como uma fotografia de Olivia Bee que Frankie deu de presente para Marília tempos atrás ou o pôster de um show do Bon Iver que os faz lembrar de uma viagem a Barcelona. Se, por um lado, a limitação de espaço não permite grandes acervos decorativos, por outro, a relação com o consumo foi ressignificada de forma mais consciente: “Temos só o que precisamos ou realmente queremos muito. É impressionante o quanto morar em um apartamento pequeno faz a gente ficar mais seletivo sobre o que entra em casa”, eles contam.

Para aqueles que também vivem em imóveis não tão grandes, Frankie e Marília deixam uma dica preciosa, que vai além do uso material do lugar e diz muito sobre o companheirismo que compartilham: “Viva com uma pessoa que te entenda e saiba respeitar seu espaço quando você precisa, mesmo em uma casa pequena”. Para eles, o que faz do apartamento um verdadeiro lar são suas próprias presenças e o cuidado de estarem livres de excessos. “Somos sortudos por sermos pessoas que têm o suficiente”.

Fotos por Gisele Rampazzo

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 16

  1. Adorei .Muito bem planejado.Parabéns para os arquitetos e pro casal proprietário

    Responder
  2. Meu deus que delicinha de apartamento! A delicadeza das cores torna tudo muito aconchegante.Minha cara. Parabéns!

    Responder
  3. Lindíssimo esse apartamento e muito funcional parece bem maior que a metragem.
    Muito bem planejado.

    Responder
  4. gente, amei demais esse espaço! amo apartamentos pequeninos vocês poderiam, por favor, informar a referência dessa tinta rosa? to apaixonada! obrigada!

    Responder
    • Oi, tudo bem? Bacana o apê né??? Sobre a tinta: foram feitos uns 5 testes de cor na reforma. Uma delas era a Saia Justa, da Suvinil, mas os arquitetos já não têm certeza de qual foi escolhida.

      Responder
  5. Amei a porta de serralheria! Vocês poderiam me dizer qual empresa fez?

    Responder
    • Oi Sabrina, tudo bem? Sobre a serralheria: são profissionais que fazem parte da equipe de obra dos arquitetos. Infelizmente não temos esse contato. Beijos

      Responder
  6. Parabéns! O apartamento ficou maravilhosamente delicado, gostoso…dá vontade de entrar e ficar!

    Responder
  7. Lindo <3 sabem dizer de onde é esse sofá cama da sala?

    Responder
  8. Numa rotina tão intensa como a que temos hj, temos que ter a sabedoria de entender o que é prioridade e unir com a praticidade em viver. Decisão sábia dentro da rotina do casal e investir em boa decisões requer ousadia. Feliz resultado! Parabéns

    Responder
  9. Olá meninas, tudo bem? Quando vcs colocam uma nova casa? Sempre fico ansiosa pelas novidades. Obrigada. Beijos pra vcs e parabéns pelo trabalho primoroso.

    Responder
    • Oi!! Tudo bem? Amamos quando vocês reparam que não teve matéria! Sinal de que acompanham tudo bem de perto. 🙂 Essa semana não teremos história, mas voltamos em ritmo total semana que vem!!

      Responder
  10. Adoro a página, sempre com boas idéias e histórias. Essa marcenaria quem faz? quem desenha e quem executa?

    Responder
    • Oi Jana, tudo bem??? Que amor, obrigada! A marcenaria foi pensada pela arquiteta Mariana Wilderom e executada por um fornecedor dela. Infelizmente não temos o contato do marceneiro. Beijos

      Responder

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa