Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Talvez seja coisa do destino, ou quem sabe uma tremenda coincidência, mas o encontro do designer e diretor criativo Pedro e da cozinheira Gabriela, do restaurante Chou, daria um livro. Daqueles com final feliz, é claro. A casinha de vila que o casal divide em Pinheiros é testemunha, ou melhor, cúmplice, da vida que os dois estão construindo juntos, porém seu papel nessa história vai além: foi graças à casa que eles se conheceram.

“Eu me apaixonei pela casa no site da imobiliária, na hora bateu uma certeza de que seria essa. Vim visitar o espaço com a corretora e amei, então no dia seguinte entreguei os documentos. Quando viemos fazer a vistoria, o Pedro estava aqui – o imóvel é de sua mãe e foi aqui que ele e os irmãos passaram toda a infância. Começamos a conversar e cinco minutos depois estávamos papeando como pessoas que se conhecem há anos… desde então, nunca mais paramos. Fomos só amigos durante um tempo e mais tarde começamos a namorar.”, a cozinheira lembra. Alguns anos após o início do namoro, Pedro estava de volta à casinha que o viu crescer, dessa vez como marido de Gabriela.

01-decoracao-casa-de-vila-fachada-tijolinhos-jardim

02-decoracao-casa-de-vila-fachada-janelas-antigas-vidraca

03-decoracao-casa-hall-entrada-ganchos-organizacao

04-decoracao-plantas-dentro-de-casa-cactos-redomas-vidro

05-decoracao-sala-estar-sofa-couro-preto-samambaia

06-decoracao-sala-estar-mesa-de-centro-madeira-preto-branco

07-decoracao-sala-estar-estante-nichos-brancos-sofa-couro

08-decoracao-sala-estar-estante-nichos-brancos-livros-coloridos

09-decoracao-sala-estar-janela-antiga-bau-vintage-couro

10-decoracao-sala-estar-luminaria-prata-articulada

11-decoracao-sala-estar-mesa-lateral-maletas-vintage-couro

Desde a sua construção, entre as décadas de 1960 e 1970, a casa também foi assumindo novos contornos, crescendo e se transformando, assim como seus moradores. A sala de TV, por exemplo, costumava ser uma garagem e a larga porta de correr do jardim dos fundos não passava de uma janela. Gabriela, que não gosta de nada muito moderno, procurou manter a maioria dos detalhes originais do sobrado, como o piso de tacos, as paredes branquinhas e as janelas grandes que trazem uma luz bonita aos espaços, porém isso não a impediu de fazer alterações para integrar totalmente o andar de baixo. “Na reforma tirei as paredes que separavam as duas salas e abri a cozinha.”, ela conta.

12-decoracao-sala-estar-sofa-branco-poltrona-couro-marrom

13-decoracao-sala-estar-sofa-cinza-estampado-caixote-madeira

14-decoracao-sala-estar-mesa-de-apoio-vaso-cacto

15-decoracao-sala-estar-sofa-cinza-estampado-abajur-piso

16-decoracao-casa-com-gatos-cesto-manta-caminha

Antes de se mudar para o sobrado no final de 2009, a cozinheira viveu durante um ano no mesmo endereço de seu restaurante, então não possuía muitos móveis ou objetos na época – a decoração da casa era uma tela em branco. Gabriela só tinha a cama e o espelho inclinado que hoje fica na sala, por isso ela garimpou peças antigas de sua família, como o sofá Chesterfield, de uma tia, ou o baú preto do quarto de sua irmã que agora serve de apoio aos vasos de cactos sob a janela da entrada. O restante foi comprado em lojas do bairro.

Quando Pedro voltou a viver na casa os ambientes também mudaram um pouquinho, afinal ele trouxe consigo outros móveis, objetos e lembranças. Muitas dessas peças o designer havia escolhido com a ajuda de Gabriela, então de certa forma as coisas já conversavam entre si – havia uma harmonia entre o que era dela e o que era dele. Como o morador viaja bastante a trabalho, ele costuma trazer itens interessantes de lojas de design espalhadas pelo mundo: capas de almofadas, banquinhos, livros, aparatos de café e por aí vai. Tudo o que couber na mala.

17-decoracao-casa-de-vila-sala-integrada-jantar-cozinha

18-decoracao-casa-da-chef-gabriela-barretto-livro-cozinhe-sua-preguica

19-decoracao-casa-da-chef-gabriela-barretto-sala-jantar-cristaleira

20-decoracao-casa-de-vila-sala-jantar-moveis-antiguinhos-madeira

21-decoracao-casa-de-vila-cozinha-antiga-prateleiras-abertas

22-decoracao-casa-de-vila-cozinha-antiga-prateleiras-abertas

23-decoracao-casa-de-vila-sala-jantar-cristaleira-vintage

A decoração de cada ambiente foi sendo moldada aos poucos, conforme um novo móvel, ou um novo morador, chegava. Se a princípio Gabriela imaginou que a casa seria só sua, a vida lhe surpreendeu com uma família completa: Pedro e seu filho Nicolas, do primeiro casamento; os gatos Romeo e Juanita, adotados de uma amiga que não poderia mais ficar com eles; e o pequeno Lino, o encantador filhinho do casal de apenas seis meses.

Deu vontade de conhecer os outros cantos da casa? Veja mais no Capítulo 2! 

Fotos por Isadora Fabian, do Registro de Dia a Dia

CONTINUA