Histórias em dobro | Capítulo 2

O encontro de duas vidas e muitos objetos de afeto no mesmo endereço

Uma casa com borogodó. Talvez esse seja um bom jeito de definir o lar do Diogo e do Rapha na Vila Buarque. O casal vive em um apartamento onde a decoração carrega uma forte identidade brasileira: nas cores, nos objetos e na forma como os espaços são ocupados. “Buscamos inspiração na natureza, na espiritualidade brasileira (umbanda e candomblé) e em viagens. Adoramos comprar peças que representem cada lugar que visitamos, em especial a Bahia, nossa principal referência em arte e cultura”, eles dizem. Pintar as paredes de todos os cômodos com tons festivos é outra maneira de homenagear essas influências. “Gostamos do apê colorido, traz mais alegria.  Adoramos as casas mexicanas e nordestinas, que sempre têm muitas cores”, completam.

A vontade de trabalhar em casa era grande tanto para o Diogo quanto para o Rapha, então eles encontraram uma maneira de fazer isso compartilhando o mesmo cômodo como home office. Na verdade, como o Rapha é cabeleireiro, dá para dizer que o espaço é metade escritório, metade estúdio de cabelo. Para dividir bem a vida profissional e a vida pessoal, ele elaborou um esquema de dias e horários específicos que ajuda a organizar a agenda. “Crio todo um ambiente antes para receber as pessoas, gosto de preparar a casa com música e cristais. É como se estivesse recebendo amigos para conversar enquanto corto seus cabelos”, ele conta.

Diogo, por sua vez, usa o escritório para acomodar todo o material da Emoriô, sua marca de pôsteres e objetos de decoração. “A Emoriô é um projeto que já tenho há alguns anos, quando fiz um pôster para colocar na minha sala e alguns amigos quiseram também. Nesse trabalho eu também tento refletir um pouco da minha essência, como a paixão pelo mar e a mistura de religiosidade com o Carnaval. Hoje me toma bastante tempo e dedicação, mas é muito prazeroso trabalhar com algo que você se identifique”, ele explica. Muitos dos pôsteres e bandeiras expostos nas paredes da casa fazem parte de suas criações.

O uso divertido das cores se repete no quarto do casal. Nesse espaço o tom escolhido foi o azul, que tinge 2/3 das paredes. A pintura foi o primeiro passo da decoração, pois os moradores já imaginavam que esse arremate ficaria interessante. Depois, de forma bem orgânica e sem pressa, eles foram preenchendo as paredes e acomodando os objetos que possuíam: muitos quadros, bastidores com bordados feitos pelo Rapha, balangandãs e diversas plantas, é claro.

O apê do Diogo e do Rapha tem um astral incrível por si só, mas o que deixa o espaço ainda mais acolhedor e apaixonante é a duplinha de cachorros, Tulipa e Ilê. “Eles são o coração da casa, parece que tudo o que fazemos é pensando neles. Eles trazem alegria, sempre pedindo e dando muito carinho”, o casal fala. Sem dúvidas, esse é um lar que expressa personalidade, um lugar de acolhimento que reflete o amor que os dois têm um pelo outro e também pelos cachorros. Amor que extrapola e colore toda a casa!

Fotos por Luiza Florenzano

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 6

  1. gente! que show. um escândalo de lindeza. queria aproveitar e contar que sempre amo quando as fotos são da Luiza Florenzano. reparei no trabalho dela conhecendo por aqui mesmo — acho que elas trazem alguma coisa a mais, uma vida.

    Reply
    • Oi Ilana, tudo bom?
      Esse apartamento tem uma energia bem especial mesmo. 🙂
      Que demais que curte as fotos da Lu. São muito sensíveis mesmo. Vamos comentar com ela, ela vai ficar feliz! Bjs

      Reply
  2. que casa incríveeeel! queria muito saber a referência do verdinho da parede <3

    Reply
  3. Muito legal a casa! Energia super positiva!
    Meninas, quando vocês irão lançar um livro com essas histórias todas?! 🙂

    Reply
    • Demais a vibe da casa! Reflete o jeito do casal. Seria um sonho um livro né???

      Reply

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa