Um bom recomeço | Capítulo 1

Mesmo sendo alugado, esse apê ganhou uma reforma com a cara dos moradores

Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio. 

Em seu novo apartamento, o fotógrafo Angelo e o planejador digital Douglas tiraram a sorte grande – não há como negar. Há pouco mais de um ano o casal vivia em um apê em Pinheiros, mas já fazia um tempo que os dois queriam mudar de bairro. A ideia era morar no centro de São Paulo, uma região de fácil acesso e em processo de revitalização. Depois de algumas buscas frustradas, o destino resolveu dar uma mãozinha: eles ficaram sabendo que um de seus amigos, o arquiteto Fernando, estava alugando a cobertura de um prédio antiguinho que pertence à sua família. Mas a melhor parte da notícia era que o imóvel seria totalmente reformado antes do aluguel. Ou seja, o casal entraria em um apartamento novinho em folha e de quebra ainda poderia dar palpites na obra.

O prédio foi construído pelo avô de Fernando, então o arquiteto também tem uma relação afetiva com o lugar. Ele nos mostrou um pouco das melhorias que estava pensando em fazer. Era uma oportunidade única, e como não tínhamos pressa para mudar, achamos que seria interessante participar dessa reforma”, Angelo e Douglas explicam. Foi assim, a seis mãos, que o apê ganhou um clima totalmente diferente. Além da chance de viver em um espaço adaptado às suas necessidades, o casal se apaixonou também pela localização e pelas áreas externas do apartamento: como o edifício é escalonado, a cobertura conta com duas varandas, uma em cada andar. Não à toa, o endereço dos dois é ponto de encontro oficial para as festinhas da turma.

Originalmente, o apartamento era bem diferente. A planta seguia o padrão das construções antigas, então era muito compartimentada, com ambientes pequenos e um único banheiro. Para completar, a maioria dos acabamentos precisava de uma renovação: as esquadrias de ferro, os revestimentos e até a pintura. O principal objetivo da obra era revitalizar e modernizar o apê como um todo, tanto nos materiais quanto na divisão interna dos espaços. O casal brinca que a reforma foi intensa, mas o resultado com certeza valeu a pena. “O que guiou o projeto foi o estilo arquitetônico do Fernando e do seu escritório, o Estúdio Paralelo. Conhecemos e confiamos totalmente no trabalho que ele faz, e como somos amigos de longa data, pudemos também participar com algumas ideias, principalmente na área da cozinha”, eles dizem.

A cozinha, aliás, é o ambiente favorito do Angelo. Paralelamente à fotografia, a culinária é uma de suas grandes paixões – tanto que parte de seu trabalho é registrar cozinheiros e receitas fantásticas pelo mundo. “O que eu mais desejava era uma cozinha aberta para o resto da casa. Em meus antigos apartamentos ela sempre foi separada e me incomodava muito. Além disso, queria bastante luz natural e espaço de bancada”, ele fala. Seus desejos foram atendidos! Todas as paredes do cômodo foram quebradas, então agora ele faz parte da sala. O balcão que funciona como ilha e mesa de jantar ‘abraça’ dois pilares que não puderam ser retirados no quebra-quebra.

Na sala as mudanças foram menores, mas importantes também. Sob o vão da escada foi construído um armário com nicho aberto que funciona como bar. “Esse móvel é fundamental, já que temos poucos espaços de armários pela casa”, o casal diz. Ainda nesse ambiente de estar, uma das paredes foi descascada para deixar os antigos tijolos aparentes. Os moradores completaram a decoração com um sofá bem profundo presenteado por uma amiga – desses para se jogar e ver filmes no final de semana – e algumas peças menores e soltas, como as cadeiras, que transitam pelo apartamento nos dias de festa. Outra alteração de grande impacto no andar de baixo foi a divisão do único banheiro existente em um lavabo e um banheiro completo para a suíte.

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

O que mais inspira o Angelo e o Douglas na hora de decorar a casa são o universo da arte, que ambos adoram, e as viagens que fazem juntos – tanto ao recriar ideias vistas em outras cidades e países, quanto utilizando objetos trazidos na bagagem. “Na escada, queríamos aproveitar a parede de pé-direito duplo para colocar nela todos os quadros importantes que temos e que tenham significado para a gente. Então fizemos uma mistura com um pouco de tudo: fotos tiradas pelo Angelo em viagens; trabalhos de amigos fotógrafos; obras de arte; lembranças e objetos que gostamos. Adoramos olhar para os quadros subindo a escada e pensar na memória que cada um representa”, eles contam.

O apartamento tem uma energia tão boa que os amigos que visitam o casal não querem mais sair dali. Somam-se a isso o talento da dupla como anfitriões e as comidinhas que Angelo prepara, e a receita está perfeita! Não é de se surpreender que quase toda semana eles recebam convidados para os mais diversos eventos. “Dá pra passar um dia inteiro nas mesas da varanda aproveitando a vista e o pôr do sol (e seguir noite adentro), ou sentar ao redor do balcão da cozinha enquanto preparamos o jantar. Já na laje do andar de cima, normalmente estendemos esteiras no chão e curtimos o sol. Porém, no último verão instalamos uma piscina inflável e praticamente transformamos a varanda em um clube. As festas na piscina estão entre as melhores que tivemos até hoje”, o casal se diverte lembrando. * Ei, quer continuar o passeio pelo apê e descobrir os outros espaços? Então fique ligado no Capítulo 2. 

Fotos por Rafaela Paoli

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Deixe uma resposta para LARISSA Cancelar resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 6

  1. Apartamento lindo. Vocês sabem de onde é o sofá? Obridada.

    Responder
    • Oi! Na verdade o sofá foi presente de uma amiga dos moradores, então infelizmente não sabemos. 🙁

      Responder
  2. Amei a varanda?! Tem apto a venda neste prédio?! Sonho ❤️

    Responder
    • Hehehe, dá vontade de morar no prédio, não dá? Mas não sabemos se tem outros apês disponíveis, rs.

      Responder
  3. QUE delícia de apartamento. As áreas externas são tudo de bom!!

    Responder
    • Demais, né? Já pensou ter duas varandinhas gostosas dessa em casa?
      Os moradores aproveitam muito!!! 🙂

      Responder