Airbnb: Casa de vidro em Ubatuba | Capítulo 1

Um paraíso com vista para o mar e arquitetura surpreendente

Já pensou ter a chance de conhecer pessoalmente algumas das casas que publicamos aqui no blog? Com o Airbnb você tem a oportunidade de se hospedar em espaços incríveis espalhados por todo o mundo. Inclusive, no Brasil a seleção de opções é bem farta e muitos dos locais podem estar pertinho de você, a 2 ou 3 horas de distância. Fácil, vai? Ao invés de escolher um hotel convencional durante aquela viagem especial, não seria muito mais interessante passar alguns dias em uma casa de verdade? Você pode! É só acessar o site do Airbnb, digitar o destino da sua viagem e descobrir centenas de possibilidades. A história de hoje é uma delas, olha só:

Uma imersão completa na natureza. É essa a sensação de quem visita a casa do Marcelo na Praia do Félix, em Ubatuba. De um lado, uma vista estonteante para o mar muito azul emoldurado por uma série de montanhas que somem no horizonte. Do outro, árvores nativas e plantas tropicais que abraçam a construção de concreto, como se ela já fizesse parte da paisagem. Nesse clima de casa na árvore, não é raro cruzar com hóspedes ilustres, como cotias, preás, porcos-espinhos… além de inúmeros pássaros, formigas e insetos coloridos que parecem ter vindo de outro mundo. “Esse lugar proporciona um contato diferente com a natureza: outros ângulos, outro timing”, Marcelo diz.

Sua história de amor com a praia e o surf começou cedo, e a criação da casa em um cenário tão especial só reforça essa conexão. Marcelo conta que sua bisavó tinha um refúgio de veraneio no litoral norte de São Paulo, então ele realmente conhece a região desde criança. “Quando tinha 14 anos, comecei a surfar e frequentava Ubatuba, indo de ônibus sozinho para pegar as melhores ondas. Tempos mais tarde, acabei escolhendo a Praia do Félix depois de pesquisar bastante. Queria uma casa com vista para o mar, e mesmo naquela época, em 1995, foi difícil encontrar um terreno com essa característica”, explica.

Depois de tanto tempo sonhando com a casa de praia perfeita, Marcelo queria colocar em prática todos os seus planos. A ideia inicial do projeto partiu dele, que é designer, mas a execução e as questões relativas à viabilidade da obra ficaram por conta de seu amigo, o arquiteto Guilherme Azambuja. O maior desafio foram os espaços com painéis contínuos de vidro, sem nenhuma interferência visual – como fechaduras, esquadrias e muito menos colunas. Para sustentar os vidros, o morador teve que gastar o dobro na estrutura, mas tudo vale à pena para poder ver o mar sem obstáculos. As referências de Marcelo sempre foram as casas modernistas americanas da costa oeste, daí o uso do concreto, da madeira e do vidro.

Guilherme incrementou o projeto em diversos aspectos, por exemplo ajudando a solucionar as dificuldades do terreno, propondo aberturas nos vidros e posicionando a construção corretamente em relação ao sol para captar a melhor luz. Situada abaixo do nível da rua, a casa traz privacidade, ao mesmo tempo em que se abre para a paisagem. Para isolar a umidade e driblar o declive do local, ela foi erguida sobre palafitas de concreto, então o andar de baixo – que ganhou dois quartos conforme a família foi crescendo – fica na altura das árvores.

A decoração é gradativa e não-intencional, uma vez que vem se adaptando e transformando com o passar dos tempos. Um dos itens favoritos é a canoa transformada em banco na varanda. “A comprei em uma praia vizinha. Me falaram para procurar o ‘Gordo’, porque ele tinha uma canoa velha para vender. Olhei por todo lado e nada. Quando passou um sujeito muito magro por perto, eu perguntei se ele não conhecia o tal do ‘Gordo’ – para minha surpresa, era ele mesmo”, Marcelo lembra. As memórias e histórias divertidas são inúmeras. Dias ensolarados com amigos, festa e churrascos; dias de chuva e de assistir aos fenômenos da natureza em sua força total; noites estreladas de risadas bem altas ecoando pela casa… enfim, um lugar especial em todos os sentidos. * Quer continuar esse passeio com a gente? Então veja os próximos Capítulos!

Fotos por Luiza Florenzano

CONTINUA

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Leave a Reply to ilana lichtenstein Cancel reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 2

  1. eita, quanta beleza!! se é um descanso pros olhos ficar brisando nas fotos, imagina ao vivo.

    parabéns pelo trabalho de vocês. cada dia mais encantada! 🙂 achei muito massa essa parceria com o airbnb, fez muito sentido!

    Reply
    • Oie! Sim, foi maravilhoso poder vivenciar essa casa de forma mais completa…
      Também adoramos a chance de viajar e ‘viver’ em outra casa por uns dias, hahaha

      Reply

NOS VEMOS NO INSTAGRAM
@historiasdecasa