Mar de rosa | Capítulo 2

O apê de dois amigos que souberam usar as cores de forma surpreendente

A gente escreveu essa matéria com a SUVINIL, nossa maior referência quando o assunto é cor na decoração. Juntos, acreditamos que cada história tem uma cor e cada cor tem uma história, e é essa combinação que transforma um ambiente em um verdadeiro lar. Por isso, nos próximos meses nós iremos compartilhar aqui no blog, casas que inspiram pelas suas cores. Fica aqui com a gente para acompanhar essa história de perto.

“Viver em uma casa repleta de cores e texturas é muito especial. Adoramos ver de manhã as plantas se virando para pegar aquele solzinho matinal, ou ver à noite a casa ficar mais tranquila e acolhedora com um tom diferente de rosa e um novo contraste com o verde e os objetos”. São esses pequenos prazeres que fazem a rotina dos amigos Fernando e Flávio ser mais feliz – e o apartamento que eles dividem no Higienópolis é uma parte essencial disso tudo. Além das paredes e do teto da sala, a pintura rosa aparece novamente nos quartos e até no teto do banheiro, espalhando sua beleza por cada canto do apê.

A primeira reação de quem chega ao endereço é sempre ‘Uau!’ – e não é para menos. Mas Fernando diz que adora saber a sensação final que o apartamento deixa: “No fim todos vão embora com ideias de plantas para a própria casa”, diz. Ir ao banheiro, por exemplo, é uma verdadeira experiência, já que a banheira foi totalmente tomada por vasos e folhagens de todos os tipos. O caminho para chegar até os quartos também é inusitado, pois os amigos resolveram pintar todo o corredor com o tom Pérola Negra, da Suvinil. “Nossa vontade foi criar uma caixa de transição da sala para os quartos. Como a parede que dá acesso ao corredor é revestida de pau-ferro, quisemos manter uma tonalidade parecida”, explicam.

No quarto de Fernando, a pintura rosa surge de forma diferente, dessa vez sem chegar ao teto, criando uma faixa branca no topo das paredes. O morador diz que a maioria dos objetos do espaço fizeram parte de alguma viagem, então ele sempre se pega olhando para eles e lembrando com carinho desses momentos. Fernando gosta muito de todas as suas relíquias, por isso é até difícil para ele elencar favoritos, mas um dos itens especiais é o mapa da África, garimpado em um antiquário em São Paulo. As plantas, é claro, também não poderiam ficar de fora, então uma das primeiras coisas que ele vê ao acordar são as folhas da grande samambaia sobre a cama.

Já o espaço de Flávio segue uma linha mais minimalista, com paredes pintadas de rosa novamente, mas sem quadros ou plantas penduradas. Ali, a cor é a grande protagonista. Sua ideia foi criar um quarto bem funcional, que servisse não só como local para dormir, mas também home office e até como um estúdio de produção musical, por isso os instrumentos são indispensáveis para ele. Assim como no quarto de Fernando, os armários antigos foram pintados com a cor Rosa Sapatilha para se fundir às paredes e à porta.

INSPIRAÇÃO SUVINIL

ALGUMAS CORES QUE VOCÊ VAI AMAR

Como os dois moradores cresceram no interior, ambos tinham a vontade de se reconectar com esse passado, então a decoração do apartamento não aconteceu por acaso. “Minha infância foi cercada de animais, e o convívio com eles me fazia não querer sair muito de casa, ou de ter um grande motivo para voltar para ela. Hoje, tenho o mesmo com as plantas”, Fernando fala. Além disso, poder conviver com um grande amigo e curtir o prazer de ficar em casa só fazem do apê um lugar – e um lar – ainda melhor! * Gostando da história? Amanhã tem mais ideias, então fique ligado.

Fotos por Luiza Florenzano

ONDE ENCONTRAR

PEÇAS INSPIRADAS NESSA HISTÓRIA

Adoramos seus comentários! ❤️ Conte pra gente o que achou:

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.


COMENTÁRIOS # 6

  1. Oi queria saber se vocês usaram a cor rosa sapatilha fosca, acetinada ou semi brilho?

    Responder
    • Oi, tudo bom?
      Puts! Na verdade não sabemos que tipo os moradores usaram, mas acreditamos que seja fosca ou acetinada. Vale checar na loja de tintas qual seria mais indicada para sua necessidade, os vendedores normalmente sabem informar. Bjs

      Responder
  2. Olá! Fiquei com a impressão que o papel de parede da sala da Branco foi fixado em um painel e não na parede, foi isso mesmo? Vcs sabem se o painel é de madeira?

    Responder
  3. Adorei todas as fotos. Esse quarto é demais!

    Responder
  4. Maravilho.Que pena que vocês não mostraram o banheiro e a cozinha!

    Responder
    • Oie, tudo bom?
      A cozinha realmente não fotografamos, mas tem foto do banheiro sim.
      São as últimas fotos da matéria: tem uma banheira cheeeia de plantas. hehe

      Responder