Uma casa e todas as memórias que ela guarda não podem ser resumidas de uma vez só, então por aqui fazemos diferente. Ao invés de concentrar todos os detalhes e fotos em uma única matéria, criamos pequenos capítulos para que você possa curtir essa visita durante vários dias. É só acompanhar a ordem pelo título dos posts e apreciar o passeio sem se preocupar com o relógio.

Antes de escolher um apartamento para chamar de seu, a empresária Laura já sabia o que queria. Ela procurava um imóvel antigo e original, ou seja, quase sem alterações na planta, para que pudesse fazer uma grande reforma e deixar os espaços do seu jeito. Depois de algum tempo a busca deu certo, porém o apê escolhido precisava de reparos urgentes: “Tudo estava bem destruído, inclusive o encanamento, a parte elétrica, as janelas, o piso, os banheiros…”, Laura lembra. Mesmo assim ela não desanimou e logo chamou seu amigo Fernando Falcon, do Tacoa Arquitetos, para desenhar o projeto e comandar a obra.

O quebra-quebra foi geral. O primeiro ambiente a ser reconfigurado foi a cozinha, que perdeu praticamente todas as paredes e ganhou destaque absoluto no meio da sala. Com medidas generosas, a antiga área de serviço foi reduzida para dar espaço a novas funções concentradas em um largo corredor, como a mesa de refeições redonda cercada de plantas. Os quatro quartos se transformaram em três e o escritório assumiu o lugar do dormitório de empregada.

Como boa parte das paredes internas foi removida ou deslocada, o apartamento mudou completamente, conquistando ainda mais amplitude e luz natural. “A iluminação sempre foi importante para mim, mas também amo o fato de conseguir dar a volta no apê pelo corredor lateral.”, explica a moradora.

01-decoracao-apartamento-arquitetura-modernista-concreto-piso-ladrilhos

02-decoracao-arquitetura-modernista-jantar-piso-ladrilhos

03-decoracao-cozinha-integrada-marcenaria-aparelhos-embutidos

04-decoracao-cozinha-integrada-concreto-aparente-piso-ladrilhos

05-decoracao-cozinha-integrada-mesa-vintage-cadeiras-sergio-rodrigues

06-decoracao-sala-estar-tapete-listrado-piso-verde

07-decoracao-sala-estar-tapete-listrado-piso-verde

08-decoracao-jantar-mesa-vintage-cadeiras-sergio-rodrigues

09-decoracao-sala-estar-cores-etnico-plantas-concreto

10-decoracao-sala-estar-poltrona-eames-samambaia-plantas

Com a ajuda do amigo, Laura foi entendendo exatamente o que queria e precisava em cada ambiente. “A princípio eu tinha pensado em um piso de cimento, mas o Fernando me sugeriu os ladrilhos hidráulicos. Na hora de escolher os modelos, me apaixonei por esse verde. Nunca imaginei que gostasse tanto dessa cor, e no fim usamos o verde escuro em vários detalhes.”, ela diz. Alguns dos móveis também foram comprados na intuição, como a mesa de jantar e a mesinha de centro com tampo de pedra, duas relíquias dos antigos proprietários que por pouco não foram parar em um brechó do bairro. “As peças ficaram aqui durante toda a obra, mudando de um lugar para o outro conforme íamos reformando.”.

11-decoracao-sala-estar-etnica-plantas-cores-estampas

12-decoracao-sala-estar-etnica-plantas-cores-concreto

13-decoracao-retrato-laura-magri-guilherme-trindade

14-decoracao-mesa-lateral-etnica-micangas-africana

15-decoracao-mesa-lateral-etnica-micangas-africana

16-decoracao-mesa-jantar-redonda-piso-ladrilhos-verdes-plantas

17-decoracao-sala-jantar-moveis-vintage-detalhes

18-decoracao-detalhes-vintage-bau-plantas

19-decoracao-detalhes-parede-com-plantas

Há pouco mais de um ano o apartamento passou por uma nova revolução: a chegada do empresário Guilherme Trindade, namorado de Laura. “A decoração mudou muito desde que o Gui veio pra cá. Aos poucos a casa foi se transformando até de fato virar a nossa casa. Cada um trazendo suas histórias, objetos e desejos.”. Alguns exemplos dos achados de Guilherme são o sofá, herdado de seu irmão, a mesinha de miçangas comprada na Feira do Bixiga e itens vintage garimpados por sua avó, que já teve um antiquário. Além da arquitetura e do design, outra paixão que o casal compartilha são as plantas. “A gente foi descobrindo isso juntos. Bem no começo do namoro ele me deu um pé de jasmim que está plantado aqui no corredor. A partir daí fomos comprando várias espécies e vasos.”.

Com estilos parecidos e gostos que se complementam, Laura e Guilherme fizeram do apê seu pequeno universo, onde os elementos revelam trechos da personalidade de cada um. De um jeito ou de outro as coisas vão se encaixando, como um grande patchwork de histórias.

Quer espiar mais detalhes do apartamento? Então não perca o Capítulo 2, é só clicar no Continua abaixo.

Fotos por Luiza Florenzano

CONTINUA