Em muitos aspectos, a casa da publicitária e fotógrafa Giovana Grigolin tem um jeitinho de antigamente. As portas de madeira são pintadas de branco, a escada preserva o mesmo piso e guarda-corpo da construção original, as janelas têm venezianas charmosas… para completar esse clima gostoso de nostalgia, os móveis vintage evocam as décadas preferidas da moradora no design: os anos 50 e 60. Se você perdeu o comecinho dessa história, confira o Capítulo 1.

A cozinha, com seus acabamentos simples e detalhes delicados, também é como uma pequena viagem no tempo. Sobre a bancada da pia, que ainda possui o mesmo tampo de pedra, uma grade de ferro ajuda a deixar as panelas e utensílios à mão de quem está cozinhando. Sem muita cerimônia, a casa está sempre de portas abertas para receber gente querida – “Adoro receber e isso é outra coisa boa daqui. Os amigos apertam a campainha quando estão passando para tomar um café ou dar um oi, nem que seja rápido. Em prédio isso acontece bem menos, foi algo que notei nos últimos anos.”, a moradora diz.

22-decoracao-casa-antiga-cozinha-branca-paneleiro

23-decoracao-casa-antiga-cozinha-armario-vintage-bar

24-decoracao-casa-antiga-cozinha-azulejos-pintados-epoxi

25-decoracao-detalhes-coloridos-na-cozinha-tabua-louca

33-decoracao-escada-planta-pendurada-colecao-objetos

34-decoracao-escada-planta-pendurada-colecao-objetos

Os filhos de Giovana também aproveitam a casa ao máximo:  batem bola no quintal, brincam em frente à cozinha, escalam os pufes da sala, fazem lutinhas na sala de TV… No quarto amplo que os irmãos dividem, os brinquedos estão por todos os lados, organizados em móveis com rodinhas ou expostos em estantes baixas. A grande atração do espaço são as camas verdes suspensas do chão – elas foram as primeiras peças que a publicitária comprou para o ambiente e fazem toda a diferença na decoração. Nas paredes, desenhos feitos pelos meninos e pipas coloridas completam o ar descontraído.

26-decoracao-quarto-infantil-crianca-cama-verde-elevada

27-decoracao-quarto-infantil-cama-verde-cadeira-criado-mudo

28-decoracao-quarto-infantil-cadeira-verde-azul-estampada

32-decoracao-quarto-infantil-plaquinhas-nome-crianca

29-decoracao-quarto-infantil-crianca-cama-de-marcenaria

30-decoracao-quarto-infantil-crianca-cama-de-marcenaria

31-decoracao-quarto-infantil-bonecos-madeira-veneziana

Branquinho, luminoso e com poucos elementos, o quarto da moradora é uma verdadeira fuga do caos urbano. “No quarto do apartamento em que morava antes, eu tinha um papel de parede que amava sobre a cama, com uma textura bem legal, mas quando saí de lá fiquei com vontade de ter uma decoração clean de novo, mais neutra. E assim ficou.”, ela diz. Nas duas laterais da cama as luminárias ajudam a trazer aconchego durante a noite – o abajur verde foi presente de uma amiga de Giovana, por isso tem um valor especial.

A poucos passos de distância fica o terraço particular da moradora. Um espaço delicioso para ela esticar os pés ao ar livre e curtir um pouco mais o contato com a natureza. “Minha relação com as plantas é uma história de amor. Nos fins de semana de sol, adoro abrir a porta do quarto e ficar me esquentando na varanda, olhando como elas cresceram. E o susto que tomo quando abro a janela e tem um vaso coberto de flores? É daquelas pequenas alegrias do dia a dia que fazem a vida ser mais feliz.”.

35-decoracao-quarto-parede-piso-branco-detalhes-rosa

36-decoracao-quarto-giovana-grigolin-fotografa-publicitaria

37-decoracao-quarto-branco-roupa-de-cama-rosa-espelhos

38-decoracao-quarto-branco-poltrona-vintage-espelho-antigo

39-decoracao-quarto-branco-neutro-luminaria-feminina

40-decoracao-quarto-branco-neutro-luminaria-feminina

41-decoracao-terraco-jardim-cobertura-piso-seixos-vasos

42-decoracao-terraco-retrato-giovana-grigolin-fotografa-publicitaria

43-decoracao-terraco-jardim-cobertura-horta-em-vasos

44-decoracao-terraco-jardim-cobertura-cadeiras-espaguete

“Tudo o que está aqui em casa tem um pouquinho de mim e da minha família. Eu olho para ela e me vejo em cada objeto, flor, caderno, livro…”, conta a moradora já com uma pontinha de saudade. Apesar de amar a casa e a rotina que construiu nela, Giovana se prepara para deixar o endereço e trocar novamente de ares – é, mudanças são coisas da vida. A varanda vai fazer muita falta, assim como o café com as vizinhas ou a sala de estar com vista para o quintal, mas no fundo ela sabe que seu lar não está na ‘caixa’ que habita, e sim dentro de si e nas coisas que foi encontrando pelo caminho.

Fotos por Luiza Florenzano