Lembranças de família | Capítulo 2

Um apê moderno decorado com móveis antigos e heranças

Há três anos e meio a fotógrafa Nina se mudou para seu primeiro apartamento, porém fez questão de levar na bagagem boa parte da família. Com móveis herdados dos avós, retratos antigos e outras peças bem especiais, ela aproveitou a decoração para contar um pouco de sua história e de quebra se sentir mais próxima das pessoas que ama. O arquiteto Luiz, seu namorado, foi morar no apê algum tempo depois e a ajudou a completar os últimos detalhes da reforma. Ainda não leu o Capítulo 1? Então acompanhe essa casa desde o começo por AQUI.

O interesse de Nina pela fotografia despertou durante uma viagem à Londres, quando ela ainda nem tinha prestado vestibular: “Aproveitei para fazer um curso e praticar com uma câmera que meu pai havia me dado. Nessa mesma época, minha mãe descobriu que existiam faculdades com graduação em fotografia aqui em São Paulo e eu logo me animei. Eles acabaram me guiando, me ajudando a encontrar esse caminho.”, lembra a moradora, que hoje comanda o estúdio Flare Fotografia ao lado do sócio, Lucas. “Como somos em dois, temos a chance de trabalhar em diversas áreas: no fim eu sou mais das pessoas e o Lucas é mais das coisas.”, brinca.

19-decoracao-cozinha-armarios-abertos-industrial-ladrilhos-hidraulicos-cinza

20-decoracao-cozinha-armarios-abertos-industrial-ladrilhos-hidraulicos-cinza

21-decoracao-cozinha-armarios-abertos-industrial-ferro-vidro-ferragem

22-decoracao-sala-jantar-pequena-mesa-redonda-integracao-pendente-amarelo

23-decoracao-sala-jantar-cores-toalha-etnica

Sempre de olho em sites e revistas de decoração atrás de inspirações para seu apartamento, Nina encontrou uma referência de cozinha com armários abertos de ar industrial e se apaixonou. Ela logo mostrou a ideia para Luiz, que também adorou a solução. Após alguns rascunhos e cálculos, o arquiteto adaptou o desenho das prateleiras com portas de correr ao espaço que eles tinham disponível. Por conta do investimento que fez na obra, a fotógrafa precisou passar diversos meses sem esse móvel na cozinha, vivendo no improviso: “Quando terminamos esse cômodo, foi uma delícia, pois nos deu uma sensação de etapa concluída. O ambiente passou a funcionar melhor, além de ficar mais bonito, o que era muito importante, já que ele é totalmente aberto para a sala.”, explica.

Um dos lugares mais alterados durante a reforma foi o quarto do casal. O espaço cresceu quando incorporou a metragem do antigo dormitório de serviço, o que permitiu a criação de um closet e de um banheiro mais amplo. Simples e aconchegante, o quarto tem menos informação que o restante do apê justamente porque a moradora queria que ali fosse um canto para descansar e encontrar tranquilidade. Quando fechadas, as portas de correr de madeira lembram um guarda-roupa comum, mas quando abertas elas mostram a integração entre as diferentes funções do cômodo. Ao invés de uma cabeceira convencional, Nina recorreu a um biombo vintage para emoldurar a cama e hoje tem um carinho especial pela peça.

24-decoracao-quarto-cabeceira-biombo-piso-cimento-queimado

25-decoracao-quarto-cabideiro-ferro-parede

26-decoracao-quarto-cabeceira-biombo-de-madeira

27-decoracao-quarto-criado-mudo-antigo-vintage

28-decoracao-quarto-casal-portas-de-correr-de-madeira-GIF

29-decoracao-escritorio-home-office-quarto-tapete-estampado

30-decoracao-escritorio-mesa-home-office

Não é difícil captar a personalidade de Nina e Luiz em cada canto do apartamento. Além da estrutura em si, com materiais crus e muita simplicidade, os móveis resgatam lembranças, os objetos revivem viagens e os quadros deixam à mostra trechos do trabalho da moradora e dos artistas que admira. “Todas essas memórias que temos aqui, junto com as nossas escolhas arquitetônicas, trazem um equilíbrio entre o que sou, de onde vim e a forma como quero viver. Acho que é esse equilíbrio o que faz da nossa casa um lar!”.

Fotos por Rafaela Paoli

Leave a Reply to Lara Cancel reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.


COMENTÁRIOS # 9

  1. Olá, você sabe me dizer que tipo de janela é essa? Nunca tinha visto esse tipo de abertura/sistema

    Reply
    • Oi Lara, tudo bom?
      Também achamos super diferente. Até demos uma pesquisada por aqui, mas não conseguimos descobrir o nome. 🙁 De repente algum professor de arquitetura poderia dizer, rs. Beijos!

      Reply
  2. Olá pessoal!
    Vocês saberiam me falar de onde são as almofadas? Um beijo! Cozinha linda!!

    Reply
  3. Nossa que apê lindo! Eu adorei a versatilidade e o minimalismo dele! Minimalismo colorido ainda por cima!
    Muito legal!

    Beijos 🙂

    Reply
  4. Lindo, os móveis são para mim a minha herança de família!

    Reply
  5. Meninas, vocês sabem o nome (ou tipo) desse vidro que está no trilho da cozinha? 🙂

    Reply