Essa matéria foi produzida em parceria com a SouQ, uma loja feita para quem não resiste a peças étnicas, objetos criativos e muita cor! Produtos orientais e estampas exuberantes também fazem parte do DNA da marca, que oferece opções bacanas de vários estilos, entre eles o bohemian chic. Como nós também adoramos uma casa diferente e de encher os olhos, a história dessa semana tem um gostinho especial. Vem conferir… (Caso não tenha visto o Capítulo 1, está tudo AQUI).

Aconchegante, colorida e alegre. A definição que a estilista Giulia faz de sua própria casa não poderia ser mais certeira. Além da sala de estar com paredes pintadas de verde-água, o apartamento traz outros tons sedutores, como o azul suave pincelado nos azulejos e na bancada da cozinha ou o rosa pastel que toma conta do quarto principal. Escolhido com a ajuda da irmã e arquiteta Carolina, o trio de cores não está ali por acaso, “Queria resgatar os elementos originais da época em que o prédio foi construído, entre as décadas de 1940 e 1950, e acho que essa paleta tem tudo a ver.”, conta Giulia. As estampas também aparecem sem cerimônia, cobrindo tapetes, almofadas, bandejas e até louças.

Sem precisar de muitas alterações, a cozinha continua basicamente da mesma maneira que a moradora a encontrou quando passou a alugar o imóvel: com piso de pastilhas, vitrô antigo e armários neutros. Suas únicas intervenções foram as prateleiras suspensas, pensadas para que os utensílios e ingredientes do dia a dia pudessem ficar organizados e ainda trazer um pouco de sua personalidade ao espaço – os livros de receita, as garrafas com suas bebidas preferidas e as inúmeras taças dão conta do recado. Já o carrinho de madeira, estacionado ao lado da geladeira, é uma relíquia em forma de móvel e abriga cuidadosamente a coleção de xícaras herdada da avó de Giulia, uma canadense que nunca dispensava um golinho de chá ou café.

34-decoracao-cozinha-alugada-azul-azulejos-vintage

35-decoracao-cozinha-sala-almoco-mesa-azul-paredes

36-decoracao-cozinha-carrinho-cha-cafe-antigo-vintage

37-decoracao-cozinha-carrinho-cha-cafe-xicara-familia

38-decoracao-cozinha-prateleiras-abertas-loucas-coloridas-souq

41-decoracao-cozinha-loucas-coloridas-bowls

39-decoracao-cozinha-prateleiras-abertas-loucas-coloridas-elefante

40-decoracao-cozinha-enfeite-indiano-colorido-etnico

Por ser um lugar tão íntimo e que precisa do máximo de conforto possível, o quarto foi um dos ambientes mais difíceis de decorar. Giulia é apaixonada pelas paredes cobertas de rosa, tanto que procurou um tom bem similar para o tecido das cortinas, mas confessa que teve receio de que a composição ficasse com um clima infantil. Para fugir de vez desse efeito, ela investiu em complementos com um toque de glamour, como os criados-mudos espelhados, a cabeceira estofada e a roupa de cama exuberante. Quadros de diversos tamanhos e cores emolduram fotografias e outros trechos da história de vida da moradora, formando belos arranjos.

Atraída por tudo o que é diferente a estilista tem o abajur japonês como um de seus objetos favoritos – além da cúpula com desenho étnico, sua base de cerâmica é um antigo barril de saquê. Talvez o talento para garimpar e combinar peças desse tipo a elementos mais clássicos seja uma influência da moda: “Sempre amei moda e trabalho na área há cinco anos, então com certeza o senso estético adquirido com a profissão se reflete no meu jeito de decorar e ocupar os espaços. Amo esses dois mundos.”, revela a moradora.

33-decoracao-quarto-etnico-boho-estampas-souq-cores

42-decoracao-quarto-etnico-boho-estampas-suzani

43-decoracao-quarto-etnico-boho-estampas-suzani

44-decoracao-quarto-etnico-criado-mudo-espelho-abajur

45-decoracao-quarto-parede-rosa-cortina-livros

46-decoracao-quarto-parede-rosa-cortina-livros

47-decoracao-quarto-parede-rosa-cortina-escultura

48-decoracao-quarto-parede-rosa-cortina-livros

Apesar de estar muito feliz com o pequeno universo que criou para si, Giulia sente que está na hora de começar um novo capítulo. Agora que ela e seu namorado, João Azinheiro, vivem juntos e resolveram adotar a cadelinha Elza, o sonho de ter um jardim de verdade e cômodos mais amplos para receber os amigos está falando cada vez mais alto. Sem dúvida Giulia vai sentir saudade dos ambientes acolhedores do apê, mas no fundo ela sabe que mesmo mudando de endereço seus tesouros estarão sempre por perto.

Fotos por Luiza Florenzano

decoracao-footer-souq-etnico-historias-de-casa-01